Seguir por Email

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Judeuzinho cara de pau! kkk!

  • Os seguintes comentários foram tecidos por pessoas que assistiram a este vídeo que postei no youtube.
    Para mim o andamento e a conclusão desta discussão é uma aula de atuação baseada no diálogo paciente e na persistência em manter o alto nível.
    Assistam, leiam e comentem.
    E se você é daqueles que pensam que:
    "Quem é contra sempre será contra!"
    Repense!




    Sandro para More Ventura:  
    KKK! Judeuzinho cara de pau!

    Paulo em resposta a Sandro
    Caro Sandro. Conheco o professor, que voce se refere como " Judeuzinho cara de pau" a algum tempo, e se tem alguma coisa que ele tem é a cara de pau que voce falou.
    Tem cara de pau de chegar todos os dias e enfrentar um bando de babacas, que FALAM MUITO e nao fazem nada por um mundo melhor. O que voce entende sobre a Africa? o que voce faz pela paz mundial e rompimento de preconceitos ? Aposto que nada.

    More Ventura para Sandro:
    Sr Sandro, Não compreendi o por que de ofender me.
    Em primeiro lugar não me conhece e está sendo preconceituoso. Se tivesse um pouco de valor, que é o que parece questionar em minha pessoa, poderia usá-lo para averiguar minha honestidade. Não sei o que você faz da vida. Eu sou professor e atuo no diálogo inter religioso, cultura de paz e projetos em comunidades carentes, com líderes locais. Sou judeu com muito orgulho e Brasileiro orgulhoso e atuante. E você?
    Posso até compreender o preconceito quando não se tem a oportunidade de conversar ou interagir com as pessoas ou com o grupo o qual se discrimina, porem não é este o caso sr Sandro. Aqui temos a possibilidade de trocar ideias, porem obviamente num nível elevado. Espero que aproveite a oportunidade, eu mesmo rompi muitos dos preconceitos com os quais fui educado.


    Sandro para More Ventura:
    Não vou perder tempo com voce, acho que é demagogo, judeu falando de dinheiro e valores espirituais não combina muito, só isso. boa noite e fica na sua demagogia idiota, quanto a assistencialismo não ajuda o mundo voce sabe disso, precisamos de ter mais investimento na educação desse povo, pede para as corporações de judeus espalhadas pelo mundo para ajudar os africanos por exemplo.

    Caco a Sandro:
    Que comentario infeliz "judeu falando de dinheiro e valores espirituais nao combina", e "demagogia" judeu falar de valores espirituais. Sr Sandro, eh obvio q o sr tem a ideia pre concebida (preconceito) de que os judeus sao malvados que mandam no mundo. Pergunto ao sr. De onde acha que vem os valores espirituais da sociedade ocidental? Aconselho q estude. Estude tb qual o tamanho da filantropia oriunda de judeus e instituicoes judaicas q beneficia tanto judeus como nao judeus pelo mundo



    More Ventura para Sandro:
    Sua afirmação só comprova seu preconceito!
    1-Não sou demagogo, pois vivo estes valores e sou conhecido dentro e fora da comunidade judaica por isso.
    2-Concordo que assistencialismo não ajuda o mundo, por isso não o pratico.
    3-Não falei de assistencialismo, falei do valor desproporcional que se da ao dinheiro nesta sociedade, independente de religião ou classe social. Todos querem marcas e aparelhos de última geração.
    5-Não represento as corporações que você citou, pois nós judeus somos indivíduos e não parte de corporações.
    6-Existem associações de judeus que ajudam através de seus projetos populações africanas. É só pesquisar antes de falar.
    7-Aqui no Brasil também existem muitíssimos projetos de EDUCAÇÃO patrocinado por instituições judaicas para a população em geral. De novo: "É só vc pesquisar".
    8-Você está tomando todos os judeus, por uma pequena parcela q constitui sua elite financeira.

    Julio a More Ventura.
    Então cara, eu acho mancada prejulgar uma pessoa sem conhecer, e vc aparenta ser um cara do bem. Mas acho que as criticas ai embaixo se devem a um JUDEU dizer sobre o valor excessivo dado ao dinheiro rsrs.. chega a ser ironico. Vc pode não representar, mas tambem não pode negar que o mundo é controlado por corporações de judeus, Bancos de judeus , (Rothschild), midia de judeus, etc. Talvez seja a associação Judeu x Exploração . Faça um video sobre isso, que tal?

    Caco a Julio:
    Julio, ha clara incoerencia em suas palavras. Acha errado prejulgar, mas imediatamente, na sequencia, prejulga a todos os judeus dizendo q controlamos o mundo e exploramos as pessoas. Dou a vc o mesmo conselho q dei ao Sandro , q teve a coragem de se desculpar. Estude, estude e vera, p. Ex q os maiores bancos brasileiros nao sao de judeus, q o presidente dos eua tem ascendencia arabe, q a grande maioria das resoluções da onu nao atende aos interesses de um estado judaico, q ha judeus em péssima situação financeira.

    More Ventura a Julio:
    Caro hermano Julio! Em primeiro lugar lhe cumprimento pela disposição em dialogar!
    Em relação aos Rotchild... N sei se andam tão bem das pernas, ouvi dizer q um deles aqui em SP andou leiloando objetos de casa p pagar dívidas. Quanto ao domínio judaico do mundo, confesso lhe que se existe, n faço parte dele, pois to com dividas p caramba... nem fechar o mês to conseguindo! Por outro lado amigo, certamente existem judeus muito ricos, mas tbm tem muitíssimos carentes. Enfim.... + um estereótipo...

    Julio para Caco:
    Não cara, blz. Eu não conheco vcs pessoalmente, não sei como são, e é leviano de minha parte julgar alguem que sequer vi! O que posso ter feito é generalizado uma cultura, um povo, que, sabemos por "estereotipo' ser um povo explorador. Foi nesse sentido minha critica. mas suas colocações vão desfazendo um pré-conceito que temos. Vamos ae! conversando e debatendo para desfazermos mitos

    Julio a More Ventura:
    Explicação plenamente aceita! de fato nos apegamos a estereotipos sim! E acredito no seu relato que vive modestamente. Enfim... procuro não ser preconceituoso. mas as veze somos, mas ainda bem que temos a humildade de rever nossos conceitos. é bom a visão de um judeu como vc, que desfaz nossos prejulgamentos.
    Solicito desculpas a comunidade judaica e ao professor por meus comentários, tem dia que a gente não está num dia bom e acaba exagerando e até ofendendo, mas retirei os comentários e espero que tudo fique resolvido, abraço fraternal a todos.

    Caco a Sandro:
    Sandro, o cumprimento pela capacidade de reflexão e pela humildade em pedir desculpas







Um comentário:

Ivan disse...

Pessach, que se inicia amanhã, trás entre outras mensagens, uma de solidariedade. A Hagadá que é lida em Pessach, começa com um convite aos pobres para que se juntem e participem do Seder (jantar de Pessach). Dar aos pobres é uma virtude judaica... Mas não em frente à mídia! Não é fácil derrubar estereótipos, por isso lhe parabenizo por se expor e abrir esta janela de dialogo com pessoas que pensam como Sandro e Júlio.
Chag Sameach e para Sandro e Júlio... Boa Páscoa!