Seguir por Email

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

"Do lado de la" - Modê Ani!



-Pena que ela partiu. Gostava tanto de sua companhia!
-É verdade, era uma boa alma!
-Fez tão bem para nós... Era tão iluminada!
-Porque ela teve que partir justo agora? Tínhamos acabado de nos conhecer.
-E já marcou tanto em mim!
-Agora vai voltar para as profundezas...
-Do pó viestes e para o pó voltarás!
-É a terra...
-Já chorei muito na minha vida... Nessas alturas nem tenho mais como chorar.
-Nem que você quisesse, conseguiria. Porque nessas alturas...
-Agora só nos resta acompanhar sua descida às profundezas.
-Olha La, olha la! É o marido dela!
-Ta indo na direção do corpo. Eu não quero nem ver. É muito triste para mim.
-Não fique assim amiga a vida não acaba. Isto é somente uma passagem!
-Não agüento mais estas perdas, todos os dias nos apegamos a alguém e todos os dias alguém se vai.
 -Não se desespere, em breve estaremos todas novamente juntas!
-Nããão! Ela se foi! Não está mais entre nós, ouça:


Enquanto isso: "Do lado de ca"

-Bom dia querido! Bom dia crianças! Se troquem rapidinho pra gente ter tempo de tomar o café da manhã. O dia está lindo, os pássaros estão cantando e o Sol está brilhando. Vamos passear!!!



Quinze horas depois, “Do lado de La”:

-Ei olhe quem vem La! ela voltou!
-Eu não te disse que aquilo não era o fim, amiga?

Modê Ani

De acordo com a tradição judaica, ao dormirmos, nossas almas se libertam do mundo material e “navegam” na outra dimensão. Por isso, quando acordamos, a primeira coisa que falamos é o “Modê Ani”*, um agradecimento a D’us por termos retornado seguramente de nossa viajem transcendental”!

“Modê Ani” – Acorde o dia celebrando a Vida!

*Modê Ani Lefanêrra Melekh Khai Vekaiam Xeherrezárta Bi Nixmatí Berremlá Rabá Emunatêrra.

Agradeço a Ti, Rei da vida e da existência que com piedade devolvestes a mim a minha Alma. Grande é a minha fé em Ti!



(A pronuncia do kh é igual a do RR)

Gostou? Comente e curta/recomende no espaço abaixo, assim você me ajuda a divulgar! Abração! More Ventura!

9 comentários:

LAERCIO SANTOS disse...

Moré Ventura, sabe vc tem razão sobre o Modê Ani... Eu perdi uma prima sabe, ela foi dormir e simplesmente não acordou mais... Me comove até hj falar neste assunto, mas devemos fazer o Modê...

Sueli de Cássia disse...

Poxa!! eu quero muiito mais, você fala muiito pouco deveria ir mais afundo...quantas pessoas não sentiriam mais confortavel em ler algo tão bom para os que ficam aqui, chorando pensando, querendo essa pessoa ao seu lado...quando ela pode estar muiito melhor, e tambem ao lado de outras que já partiram...

Emfim... Existe passagens na biblia que diz " ...ao pó voltarás, outra Deus falou á Moises que ele fosse para um monte, ele iria se juntar aos seus antepassados" Bem...estou lendo a biblia e vendo vc escrevendo certas coisas fico feliz em ter uma compreenção mais clara, de passagens que muitas vezes passa por não termos a comprenção do assunto.

Obrigado pelo seu blog e por vc ter tido essa idéia magnifica de estar postando algo realmente interessante que está levando além de cultura conhecimento, esclarecimento, e com certeza ajudando muitas pessoas meio que perdidas. diz " Moisés vc irá encontrar com seus antepassados" para onde nós vamos na realidade...viramos pó ou reencontramos nossos antepassados?

LAÉRCIO SANTOS disse...

Tenho estudado a Mishná e lá fala que Rav Yehudá disse: Quem aprecia este mundo sem uma brachá é como se aproveitar das coisas consagradas do céu. por isto está escrito: "Hashem é a Terra e seu conteúdo" (Tehilim 24). rabino Levi decidiu a seguinte contradição: está escrito: "Hashem é a Terra e seu conteúdo "(Tehilim 24), mas está escrito:" Os céus são os céus de Hashem a Terra deu aos homens "(Tehilim 115). no primeiro caso, antes da brachá e segundo caso, após a brachá. (Talmud Bavli Berachot 35A-b). Mas acho que também conta muito o sentimento de gratidão ao Criador pelo grandioso dom da vida... Então, façamos o Modê!

Lucinha Valois disse...

Modê ani à H-shem que nos presenteou com a vida!!!!

Saber o real valor desse presente e o como fazer jus a este... Aí está o grande desafio.


Ventura, seu blog é um instrumento extremamente motivador... Motivador para querer sair da inércia da vida cotidiana para dinamizar essa vida cotidiana. A sua maneira de entrelaçar situações concretas da vida com os fundamentos da Torah é maravilhosamente didático!!!!

Anônimo disse...

muito bom esse acesso

Jacqueline disse...

Muito bom o seu post, realmente todos os dias "morremos" ao dormir, e muito raramente lembramos de agradecer ao Eterno o acordar. Adorei.
Shalom!

agatha disse...

belo post amigo, vc é demais.. :)

Paulo Araujo disse...

Lindo mesmo, Moré! Nos pega de surpresa esse jogo entre a "morte" no reino espiritual e o "nascimento" no mundo material a cada dia! Isso dá um valor a esse mundo que às vezes nos passa despercebido, além de nos lembrar que também temos o privilégio de às vezes partilhar de um mundo mais espiritual, também despercebido! Parabéns por dedicar seu tempo a essas reflexões!

Mazé Carvalho disse...

Olá Moré Ventura
Gosto muito de tudo que vc escreve .Não sou judia , mas só trabalho com a colonia judaica e tenho muitas afinidades com vcs!!! Sou a Mazé da Macro Foto e Video que te encontrou hj na Mekor Haim.Foi um prazer te encontrar e lembrar de toda sua familia que quero muito bem também .Um abraço e contiinue seu trabalho que é maravilhoso .Sou sua fã!!!