Seguir por Email

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Hoje morreu uma criança.....

Hoje morreu uma criança.
Nunca tinha ouvido seu nome, nem sua figura eu vi.
Não sei quais eram suas brincadeiras preferidas, nem onde morava e com quem brincava, mas sei bem como era, pois era... uma criança!
Uma criança sente mais do que pensa, quer mais do que dá, por que precisa e ama, ama muito e por isso chora mais e gargalha mais, também!
Eu também rio com as crianças e choro por elas também, porque muitas vezes como crianças não são vistas e nem respeitadas, são apenas projeto de gente grande, não são, apenas serão. O que ? uma profissão. Quando ? “quando crescer”!
As vezes as olho com aquelas mochilas lotadas, tais quais suas agendas vazias de horário e cheias de atividades, vazias de sentido e cheias de cobrança, vazias de presente e cheias de futuro, de planos, de planos de planos de quem ?
Eu estou chorando e sempre choro pelas crianças, por todas as crianças, quando vejo um “projeto” abortado, um ser humano pleno, que ama, que quer amar, sentir e viver, deixar sua vida, que para esta sociedade absurdamente mercantilista seria.... apenas seria....
Á família, aos amigos, minhas lágrimas e carinho, ao menino, às crianças, minhas lágrimas, minhas gargalhadas, minhas brincadeiras, minhas preces e minha batalha ! Pois vocês SÃO !
More Ventura

2 comentários:

Bernardete disse...

triste saber o quanto alguns desprezam o amor, o sorriso e o sonho de uma criança, pois sempre há mais sinceridade e sensibilidade nas palavras e nos atos dos pequeninos pois sempre aprendemos e nos alegramos com eles, do que em algumas pessoas que infelizmente não tem coração e respectivamente afeto para cuidar de tal!

Gisele disse...

Infelizmente há pessoas nesse mundo sem essa visão... visão humana, visão de amor, companheirismo, respeito... enfim... Li os comentários postados por alguns ignorantes de plantão e fico imaginando o que pode levar essas pessoas a terem tal pensamento... a fazerem tal julgamento, julgando-se superiores... Que senão ELE para julgar algo!
Me doi como pessoa humana, me doi como judia, me doi mais ainda como mãe....